Macron, presidente da França, toma tapa na cara em evento; veja vídeo

O agressor é um militante da extrema direita que defende o fim da República e a volta da Monarquia

O presidente da França Emmanuel Macron foi agredido por um homem nesta terça-feira (8) quando deixava a escola de hotelaria Tain – I’Hermitage. A cena aconteceu quando o presidente foi cumprimentar os apoiadores que o aguardavam em frente ao local.

Aos gritos “Abaixo a República, viva a Monarquia”, o homem agrediu o presidente. A cena foi rapidamente contida pelos seguranças do presidente francês.

De acordo com informações do jornal francês Le Figaro, o homem faz parte de grupos que têm se tornado populares na França. Ligados à extrema direita, defendem o fim da República e a volta do regime monarquista.

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).