Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de abril de 2012, 12h21

Mantega: dívida pública não foi obstáculo para o crescimento do país

O ministro explicou que o importante é a qualidade da dívida e não o seu montante.

O ministro explicou que o importante é a qualidade da dívida e não o seu montante.

Por Daniel Lima 

A dívida pública não foi obstáculo para o crescimento do Brasil e atualmente deixou de ser um problema. A afirmação foi feita pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao participar na Câmara de reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito da Dívida Pública da União, de estados e municípios e o benefício gerado por esses pagamentos.

Em sua exposição, Mantega lembrou que a dívida pública brasileira começou a ter grande impacto a partida década de 70 do século passado, com a crise do petróleo e com as medidas do então secretário norte-americano Paul Volcker para salvar o dólar, em forte desvalorização. Segundo ele, essas medidas tiveram reflexos em vários países.

Mantega lembrou que na década de 80 o Brasil teve dificuldade de crédito e precisou recorrer a uma moratória. Na década de 90, com o real e o câmbio fixo, a dívida chegou a 30% do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de bens e serviços produzidos no país – e, a partir de 2003, passou a cair fortemente até chegar a um valor líquido negativo a partir de 2007.

O ministro explicou que o importante é a qualidade da dívida e não o seu montante. Ele citou a atual situação da Grécia, com sua economia totalmente comprometida com o pagamento da dívida, segundo ele, “sob os ditames dos credores”.

Mantega participa da CPI junto com o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

Com informações da Agência Brasil.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum