Fórum Educação
23 de Maio de 2020, 18h04

Marco Aurélio Mello pede saída de Weintraub por ofensas em vídeo: “fique perplexo”

Ministro da Educação de Bolsonaro defendeu prisão dos ministros do STF e os chamou de “vagabundos”

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, disse nesta sábado (23) que ficou “perplexo” com o vídeo da reunião ministerial do governo Jair Bolsonaro, divulgado na última sexta (22), como parte do inquérito que investiga a interferência do presidente na Polícia Federal.

“Tudo lamentável. Ante a falta de urbanidade, fiquei perplexo. O povo não quer circo. Quer saúde, emprego e educação”, disse Marco Aurélio ao jornal O Estado de S. Paulo. “Fosse o presidente (da República), teria um gesto de temperança. Instaria o Ministro da Educação a pedir o boné. Quem sabe?”, completou.

Em trecho do vídeo, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, diz: “por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF“. Ao levantar o sigilo do vídeo da reunião, o decano do STF, ministro Celso de Mello, apontou aparente “prática criminosa” na conduta de Weintraub, “num discurso contumelioso (insultante) e aparentemente ofensivo ao patrimônio moral” em relação aos ministros da Corte.

Com informações do UOL

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum