Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de julho de 2013, 10h22

Marco Civil e controle da internet são temas de aula pública em São Paulo

Projeto que discute o acesso à rede e define os princípios de neutralidade e privacidade de seus usuários e provedores está na fila de votação na Câmara

Projeto que discute o acesso à rede e define os princípios de neutralidade e privacidade de seus usuários e provedores está na fila de votação na Câmara

Por Redação

Aula Pública será no vão do Masp, às 19h, na próxima terça-feira (23) (Imagem: Divulgação)

A democratização da comunicação e a aprovação do Marco Civil da internet serão temas de uma aula pública no vão do Masp, na próxima terça-feira (23), às 19h, em São Paulo.

Na página do evento no Facebook estão os pontos a serem apresentados no evento: As empresas de telecomunicações são contra a neutralidade da rede; Paulo Bernardo, ministro das Comunicações, protege o interesse das teles; a Rede Globo quer garantir censura instantânea para possíveis violações do direito autoral; os Estados Unidos mantêm vigilância e controle permanente sobre toda a rede; e Google e Facebook faturam bilhões pela quebra de privacidade dos usuários.

Entre os debatedores do encontro estão o professor da Universidade Federal do ABC, Sérgio Amadeu, além de Pedro Ekman, do Coletivo Intervozes e Renata Mielli, do Centro de Estudos Barão de Itararé, ambos do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC). Outros convidados e maiores detalhes sobre o encontro serão divulgados nos próximos dias, na página do evento.

O Marco Civil da Internet, PL 2126/2011, está na fila de votação do plenário da Câmara. O projeto discute o acesso à rede e define os princípios de neutralidade e privacidade de seus usuários e provedores.

Leia também:

Sérgio Amadeu: A Globo quer desvirtuar o Marco Civil

Marco Civil: pela neutralidade, privacidade e liberdade

Sérgio Amadeu: “Vamos votar o Marco Civil com neutralidade e sem censura privada”


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum