Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de fevereiro de 2020, 19h42

Médico que alertou sobre novo coronavírus falece na China

Apesar de sua especialidade ser a oftalmologia, Li Wenliang foi o primeiro a identificar e escrever um comunicado sobre o 2019 n-CoV, em dezembro, e estava internado desde 10 de janeiro, no hospital de Wuhan

Cidade de Wuhan, onde o coronavírus já deixou mais de 100 mortos (Reprodução/Twitter)

O governo da China anunciou, nesta quinta-feira (6), o falecimento do médico Li Wenliang, responsável pela descoberta do vírus 2019 n-CoV, a mais recente evolução do coronavírus. Tinha 34 anos e é mais uma vítima da versão do coronavírus que ele mesmo revelou.

Wenliang era especialista em oftalmologia no Hospital de Wuhan, mas foi o primeiro em identificar as características desta versão atual do vírus, responsável pela recente epidemia que se espalha no China e em outros países do mundo.

No dia 30 de dezembro, o médico enviou um comunicado para alguns colegas falando de possíveis casos de gripe SARS (doença que provocou uma epidemia na China entre 2002 e 2003, também provocada por um tipo de coronavírus). Em poucos dias, os especialistas detectaram que o que Wenliang havia chamado de gripe SARS era na verdade uma nova mutação do coronavírus.

Também há uma controvérsia a respeito da sua descoberta, porque, em um princípio, o governo chinês desconfiou do seu alerta, e chegou inclusive a enviar uma carta de advertência a Wenliang, reclamando de sua “conduta alarmista e ilegal”.

Wenliang fez parte das primeiras equipes de médicos do Hospital de Wuhan que trabalhou com o surto desde o seu surgimento. No dia 10 de janeiro, ele mesmo foi internado, após manifestar os primeiros sintomas de contágio. Permaneceu sob cuidados intensivos até o dia do seu falecimento.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum