Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de fevereiro de 2012, 09h48

Mercado não garante moradia a todos, diz relatora da ONU

A relatora especial das Nações Unidas para o Direito à Moradia Adequada, Raquel Rolnik, afirmou que o mundo precisa de um novo pacto para garantir habitação a todos. A mensagem está sendo entregue nesta quinta-feira à Assembléia Geral da ONU.

Ela participa de um debate, em Nova York, com os demais relatores especiais da organização.

Serviço Básico
Nesta entrevista exclusiva à Rádio ONU, antes do discurso, a professora brasileira de Arquitetura e Urbanismo, disse que a crise hipotecária nos Estados Unidos, e outras partes do mundo, provou que o mercado não garante o acesso de todos à habitação.

"Evidentemente, este modelo fracassou. A maior parte das pessoas do planeta não tem recursos para comprar, entre aspas, esta mercadoria. E nós estamos deixando de ver a habitação, a moradia, como um direito. Como um serviço básico que a sociedade tem que prover para todos os seus membros", afirmou.

Pacote A relatora da ONU afirmou que os milhões de moradores forçados a deixar suas casas também deveriam receber um pacote como o obtido pelos bancos que sofreram com a inadimplência causada pela crise hipotecária.

"Quais são os esquemas e onde estão os bilhões de dólares para salvar estas pessoas que ficaram sem casa? Acho que essa é uma questão fundamental neste momento, em que o mundo está discutindo medidas internacionais e nacionais para segurar a crise financeira. Quais são as medidas que servirão para segurar a crise pessoal e financeira dos que vão ficar sem casa?", indagou.

Raquel Rolnik, professora de Arquitetura e Estudos Urbanísticos da PUC de Campinas, foi nomeada relatora especial do Conselho de Direitos Humanos da ONU em maio.

Com informações da Rádio Onu


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags