Militar agride funcionárias de loja no Distrito Federal

"Não me faça perder a paciência que eu lhe meto a mão na cara", disse Marcus Willian antes de arremessar objetos contra uma atendente

Ganhou repercussão nas redes sociais um vídeo de um homem que aparece ameaçando e agredindo funcionárias de uma loja de uniformes na cidade de Taguatinga (DF). O homem foi identificado como Marcus Willian e é militar do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.

Segundo informações do G1 e do Metrópoles, o homem jogou um celular e uma carteira em uma funcionária por conta de uma demora na entrega de um colete. Ele seria cliente antigo da loja.

“Não me faça de palhaço não. Não me faça perder a paciência que eu lhe meto a mão na cara”, diz o homem a uma atendente antes de agredir outra funcionária. A polícia foi acionada e a mulher prestou queixa na delegacia.

O Corpo de Bombeiros classificou o episódio como “um fato totalmente atípico e inesperado em relação ao militar” e foi aberto procedimento administrativo contra ele.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR