Míriam Leitão critica tentativa de controlar preços: ‘Terraplanismo chegou à economia’

"Na sucessão de retrocessos que nos atinge no governo Bolsonaro, só faltava mesmo essa”, avaliou a jornalista

Míriam Leitão criticou nesta quinta-feira (10) a tentativa do governo Jair Bolsonaro de controlar os preços dos alimentos nos supermercados. Especializada em economia, a jornalista destacou que a medida nunca deu certo no Brasil e resultou em efeitos negativos em diversas ocasiões ao longo da história.

“Na sucessão de retrocessos que nos atinge no governo Bolsonaro, só faltava mesmo essa”, avaliou Míriam. “O terraplanismo atacou agora a economia”, definiu a especialista, em sua coluna no jornal O Globo.

A jornalista lembrou do caso mais emblemático, no governo José Sarney, que implantou severa política de controle de preços, que resultou em piora da situação da economia e da vida das pessoas.

“Na economia nada há de mais obsoleto do que isso que nos assombrou na segunda metade dos anos 1980, a tentativa de controle de preços e a acusação a supermercados. Depois de várias tentativas que sempre deram errado, o Plano Real escolheu um outro caminho, novo e elegante, que enfim derrotou a hiperinflação no Brasil”, escreveu.

Segundo ela, ocorreram “derrapagens” no caminho, citando o controle de preços da gasolina e a alteração na tarifa de energia no governo Dilma Rousseff, medida que, na sua avaliação, também “deu errado”.

“Não dá para acreditar que o ministro Paulo Guedes não tenha tido força para explicar o básico ao governo Bolsonaro. A notícia de que o Ministério da Justiça notificou os supermercados pela alta dos alimentos seria cômica se não fosse séria”, completou a jornalista, ironizando o fato de Guedes se dizer um economista liberal.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR