Fórumcast, o podcast da Fórum
15 de novembro de 2014, 01h11

Morre o ex-ministro da Saúde Adib Jatene

Pioneiro da cirurgia cardíaca no país, médico faleceu na noite desta sexta-feira em São Paulo, aos 85 anos

Pioneiro da cirurgia cardíaca no país, médico faleceu na noite desta sexta-feira em São Paulo, aos 85 anos

Por Redação

O médico e ex-ministro da Saúde Adib Jatene morreu na noite desta sexta-feira (14) no Hospital do Coração, em São Paulo (SP). Diretor-geral do HCor e um dos pioneiros da cirurgia cardíaca no país, ele estava internado desde o dia 22 de setembro em função de um infarto agudo do miocárdio.

Nascido em Xapuri, no Acre, em 1929, formou-se na Universidade de São Paulo (USP), onde também atuou como professor. Foi o inventor do procedimento de Jatene, uma técnica para correção de transposição de grandes vasos, e realizou a primeira cirurgia de ponte de safena no país. Foi aluno e trabalhou com o professor Euryclides de Jesus Zerbini, que realizou o primeiro transplante de coração no Brasil, o 5º no mundo a realizar a operação.

Sem filiação partidária, Jatene foi secretário estadual de Saúde no governo Paulo Maluf (entre 1979 e 1982) e ministro da Saúde duas vezes: durante governo Collor (1990-1992) e no governo Fernando Henrique (1995-2002). Durante a gestão FHC, tornou-se o responsável pela criação da CPMF, Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira, que traria recursos para a área da saúde. Mesmo com a aprovação da taxa pelo Congresso, o então ministro da Fazenda Pedro Malan determinou a redução do orçamento do ministério, o que culminou na saída de Jatene, em novembro de 1996.

Foto: Elza Fiúza/ABr – Agência Brasil


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum