Entrevista exclusiva com Lula
22 de dezembro de 2015, 16h50

No Youtube, garoto de 13 anos faz vídeos sobre heróis negros brasileiros

Depois de descobrir Malcoln X e Mandela, jovem da zona leste de São Paulo criou o canal "Meus heróis negros brasileiros" para contar a históra de pessoas como Machado de Assis ou Zumbi dos Palmares e fazer com que outros negros e negras "se inspirem nesses heróis"; confira

Depois de descobrir Malcolm X e Mandela, jovem da zona leste de São Paulo criou o canal “Meus heróis negros brasileiros” para contar a históra de pessoas como Machado de Assis ou Zumbi dos Palmares e fazer com que outros negros e negras “se inspirem nesses heróis”; confira

Por Redação*

No que depender de Pedro Henrique Cortềs, adolescente de 13 anos da zona leste de São Paulo (SP), nenhum negro ou negra precisará ter como inspiração de vida somente pessoas brancas – não, pelo menos, por falta de conhecimento. Com o intuito de compartilhar com outras pessoas a história de vida e as lutas brasileiros e brasileiras negras que, para ele, não têm tanto ‘destaque’ quanto deveriam, o jovem criou o canal no Youtube “Meus heróis negros brasileiros”, que já tem mais de cinco mil inscrições.

Em entrevista ao jornal Extra, a mãe do garoto – a turismóloga Egnalda Côrtes – informou que tudo começou depois que Pedro assistiu à peça de teatro “O topo da montanha”, com Lázaro Ramos e Taís Araújo. Ao final do espetáculo, o jovem teria pedido à Egnalda as biografias de Malcolm X, Martin Luther King e Nelson Mandela. De acordo com a mãe, ela disse que daria, mas que também há heróis negros brasileiros. O garoto, então, começou a pesquisar e decidiu fazer o canal no Youtube. Com a ajuda da mãe, ele cria os roteiros com uma linguagem simples e didática para jovens da idade dele. Até agora já foram publicados vídeos com as histórias de Luiz Gama, Machado de Assis e Zumbi dos Palmares.

“Quero que outros jovens negros, assim como eu, se inspirem nesses heróis. É muito legal se inspirar em alguém parecido com você. Fala-se muito sobre heróis europeus, bandeirantes, mas quase nada sobre os negros”, disse o menino, também em entrevista ao Extra.

Confira abaixo os dois primeiros vídeos do projeto:

*Com informações do Extra


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum