Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de junho de 2016, 19h47

Presidente dos Correios se junta ao time dos investigados do governo Temer

Na distribuição de cargos para ter base no Congresso, Temer entregou o Correios ao PSD de Gilberto Kassab

Guilherme Campos Júnior, nomeado por Michel Temer na última quinta-feira (9), é acusado de ter falsificado assinaturas durante a criação do PSD, em 2011

Por Redação

O novo presidente dos Correios, Guilherme Campos Júnior, é investigado pela Polícia Federal pela suspeita de ter falsificado assinaturas na criação do PSD, partido presidido pelo também ministro da Comunicação Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab. Campos foi nomeado na última quinta-feira (9) pelo presidente em exercício Michel Temer. A investigação da PF corre em segredo de Justiça.

Além de Guilherme Campos Júnior há outros vários investigados no governo interino de Michel Temer, como o secretário de governo Geddel Vieira Lima (PMDB), na mira da Lava Jato; o ministro de Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, acusado de desviar recursos da merenda escolar em Alagoas; o ministro das Relações Exteriores, José Serra, alvo de um inquérito do MPF que questiona a ajuda financeira a bancos durante a gestão FHC; e o ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves, acusado de receber propina no esquema da Lava Jato.

Com informações do site Brasil 247
Foto de capa: Lula Marques/Agência PT


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum