No rastro do óleo do Nordeste
06 de junho de 2007, 21h55

Ocupação do prédio da reitoria da USP entra no 26º dia

Em assembléia na noite de segunda-feira, estudantes da Universidade de São Paulo (USP) decidiram manter a ocupação da reitoria da instituição.

Em assembléia na noite de segunda-feira, estudantes da Universidade de São Paulo (USP) decidiram manter a ocupação da reitoria da instituição. Foi aprovada também a continuidade das negociações com a reitoria e com o governo do estado. Ato previsto para esta terça-feira, 29, foi adiado para quinta-feira.

Por Redação

Uma comissão formada por cerca de 20 estudantes da USP, Universidade de Campinas (Unicamp) e Universidade Estadual Paulista (Unesp) conversaram com Luiz Marrey, secretário estadual de Justiça de São Paulo, e Suely Vilela, reitora da USP. Também participam do encontro representantes do Sindicato de Trabalhadores da USP (Sintusp), e o vice-reitor da universidade, Franco Lajolo, além de integrantes de órgãos estaduais de direitos humanos.

O secretário estadual de Justiça de São Paulo, Luiz Antonio Marrey, e a reitora da USP, Suely Vilela, afirmaram, em entrevista coletiva a imprensa, que o diálogo com estudantes e funcionários da universidade só irá avançar após a desocupação da reitoria.

A reunião, de duas horas, acabou em impasse e os universitários, após assembléia, decidiram manter a ocupação da reitoria.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum