Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de junho de 2007, 21h48

Operação Navalha derruba diretor do Luz para Todos

O diretor do Programa Luz para Todos, José Ribamar Lobato Santana, pediu demissão.

O diretor do Programa Luz para Todos, José Ribamar Lobato Santana, pediu demissão. Trata-se do terceiro funcionário do Ministério de Minas e Energia vitimado pela repercussão da Operação Navalha da Polícia Federal, após o assessor especial Ivo Almeida Costa, detido pela PF no dia 17, e o ministro Silas Rondeau, que se demitiu nesta terça-feira (22).

Por Vermelho

O Programa Luz para Todos seria um dos alvos do esquema de desvio de recursos de obras públicas investigado pela Operação Navalha. O favorecimento beneficiaria a empreiteira Gautama, cujo proprietário, Zuleido Veras, é encarado pela PF como pivô do esquema de fraudes.

Ivo Costa foi posto em liberdade pela ministra Eliane Calmon, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), depois de prestar depoimento. A PF sustenta que foi ele quem recebeu, das mãos de Fátima Palmeira, diretora financeira da Gautama, o envelope com a propina que teria sido repassada a Silas Rondeau. No depoimento à Justiça, Ivo alegou que o envelope continha documentos, não dinheiro.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aceitou o pedido de demissão de Rondeau, mas saiu em defesa o ex-ministro nesta quinta-feira. Lula disse que as acusações da PF contra Rondeau são frágeis. “Tirei do governo um homem de bem simplesmente porque não podia deixar ele sangrando até a última gota”, argumentou.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum