Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de setembro de 2008, 19h01

Organizações chilenas pedem lista de torturadores

Organizações de Direitos Humanos se reuniram hoje, 3, com o chefe da Marinha do Chile, almirante Rodolfo Codina, para pedir a divulgação da lista dos torturadores de presos políticos durante a ditadura no país, entre 1973 e 1990

Por Redação

Organizações de Direitos Humanos se reuniram hoje, 3, com o chefe da Marinha do Chile, almirante Rodolfo Codina, para pedir a divulgação da lista dos torturadores de presos políticos durante a ditadura no país, entre 1973 e 1990.
Em uma reunião de quase duas horas, as organizações também exigiram um pedido de perdão da instituição.

O secretário-executivo da Anistia Internacional do Chile, Sergio Laurenti, considerou a reunião “muito positiva, muito cordial, muito aberta de ambos os lados”.

Laurenti disse que “não houve um acordo final, mas sim o interesse em continuar trabalhando” em cima de um documento que, segundo ele, deverá incluir o reconhecimento formal da Marinha pelos crimes cometidos contra a humanidade e uma lista com os responsáveis que serão julgados por tais.

Além disso, o texto terá de apresentar uma reforma em relação à doutrina de segurança nacional e uma maneira de reparar as vítimas da ditadura.
Laurenti afirmou que haverá uma resposta da Marinha à lista de demandas e que, “embora não tenhamos promessas ou um cronograma definitivo, eu creio que há a vontade de avançar, o que é um passo muito importante”.

O chefe da Marinha, por sua vez, comentou que trabalhará junto com as organizações para resolver todos os casos, um a um. A respeito do pedido de perdão, Codina disse que “é algo pessoal”, pois “as instituições podem lamentar muitas vezes pelo que aconteceu, mas o perdão deve ser pessoal para que tenha valor”.

(Com informações da ANSA)


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum