Orlando Silva critica Lula e acusa ex-presidente de abandonar Tatto por Boulos

Pela manhã, o ex-presidente Lula deu uma coletiva após votar e sinalizou que o PT não apoiou Boulos porque Jilmar Tatto não quis renunciar

O candidato do PCdoB à prefeitura da cidade de São Paulo, Orlando Silva, usou as redes sociais para criticar a fala de Lula, durante coletiva dada na manhã deste domingo (15), onde o ex-presidente afirmou que o PT não apoiou Boulos porque Jilma Tatto não quis renunciar, e declarou que Lula abandonou Tatto.

“Até a guerra tem regra. Não se atira num inimigo caído, nem se abandona companheiro ferido. Para se afastar da derrota, se oferece a cabeça do companheiro”, criticou Orlando.


Em entrevista neste domingo (15) logo depois de votar, em São Bernardo do Campo (SP), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o PT deu a Jilmar Tatto a decisão sobre se o partido daria ou não apoio ao candidato Guilherme Boulos (PSOL) já no primeiro turno das eleições à Prefeitura de São Paulo.

A presidenta do partido, Gleisi Hofmann, procurou o candidato para saber o que ele pensava do assunto. Segundo Lula, ela foi “demandada” para isso, mas não deixou claro quem teria feito o pedido. Gleisi disse que a decisão dependia única e exclusivamente dele. E, na conversa, Tatto disse que era e iria continuar candidato. Para o Lula, a atitude de Gleisi foi a correta, ao procurar o concorrente do partido depois de ser demandada. “Acho que foi atitude soberana dele de dizer que não ia retirar candidatura.”

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).