terça-feira, 20 out 2020
Publicidade

Pandemia não acabou: com 836 novos óbitos, Brasil já teve mais de 138 mil mortes por Covid-19

Número de casos confirmados chega perto de 4,6 milhões; mesmo com esses dados, Ministério da Saúde dá aval a volta de torcidas a estádios

Embora haja que diga que a pandemia do novo coronavírus já acabou, os números do Ministério da Saúde mostram o contrário. Boletim divulgado nesta terça-feira pelo órgão mostra que mais 836 pessoas morreram devido à Covid-19. No total, 138.108 pessoas perderam a vida para a doença no país.

O documento revela ainda que, nas últimas 24 horas, 33.536 novos casos foram registrados. O total de infectados no país desde o início da pandemia já soma 4.591.604.

E foi nesse cenário que o Ministério da Saúde deu parecer favorável ao plano da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de liberar a entrada de torcida nos jogos no país. A recomendação é que o público seja de até 30% da capacidade dos estádios. Mas, para que o plano se torne realidade, a pasta salienta ser necessário que o “gestor local” – prefeituras e governos estaduais – autorize a presença da torcida.

O parecer favorável foi dado depois que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu, em sua live no dia 17, que o público voltasse a ser admitido nas arenas.

Desde o início da pandemia, Bolsonaro vem negando sua gravidade, chamando de “gripezinha” a doença que matou mais de 138 mil brasileiros. Também disse que quem ficou em casa para conter o avanço do novo coronavírus era “fraco”.

A medida foi recomendada mundialmente e, agora, volta a ser adotada em países da Europa que viram o número de casos voltar a crescer.

Fabíola Salani
Fabíola Salani
Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.