Pannunzio: “Se o Zé Eduardo Cardoso tivesse agido como Moro não haveria impeachment”

Documento da PF diz que não há indícios de que Flávio Bolsonaro tenha cometido crimes de lavagem de dinheiro e de falsidade ideológica

O jornalista Fábio Pannunzio disse, em sua conta do Twitter, nesta terça-feira (4), que se o ex-ministro da Justiça e advogado-geral da União do Brasil, José Eduardo Cardoso, tivesse agido como o atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, não teria acontecido o impeachment de Dilma Rousseff.

“Sérgio Moro está provando por A + B q o PT tinha razão quando criticava o @JE_Cardozo. O relatório q inocenta @FlavioBolsonaro deixa claro q era possível transformar a Polícia Federal na guarda pretoriana do regime. Se o Zé Eduardo tivesse agido como Moro, ñ haveria impeachment.”

Não há indícios de crime

Sob o comando de Sergio Moro, a Polícia Federal finaliza um relatório que deve livrar o senador Flávio Bolsonaro (Sem Partido-RJ) de ao menos dois de uma série de processos que ele tem sido alvo.

Sob a responsabilidade do delegado Erick Blatt, o documento que será entregue à Justiça nos próximos dias diz que não há indícios de que o filho de Jair Bolsonaro tenha cometido os crimes de lavagem de dinheiro e de falsidade ideológica na investigação eleitoral que trata das negociações de imóveis e da sua declaração de bens na eleição de 2018.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR