Para Macron, Europa tem de parar de comprar soja do Brasil para barrar desmatamento da Amazônia

Presidente francês fez declaração durante conferência que reúne cerca de 30 chefes de estado para discutir preservação de biodiversidade

O presidente da França, Emmanuel Macron, disse nesta terça-feira (12) que a Europa precisa evitar comprar soja produzida no Brasil para barrar o desmatamento na Amazônia.

Em seu Twitter, Macron escreveu: “Continuar dependendo da soja brasileira seria endossar o desmatamento da Amazônia. Somos coerentes com as nossas ambições ecológicas, lutamos para produzir soja na Europa”.

A publicação incluiu um vídeo em que ele fala da questão a jornalistas.

“Quando importamos a soja produzida a um ritmo rápido a partir da floresta destruída no Brasil, nós não somos coerentes”, afirmou. “Nós precisamos da soja brasileira para viver? Então nós vamos produzir soja europeia ou equivalente”, completou.

No entanto, o presidente francês não apresentou nenhum dado que comprovasse a relação entre desmatamento do bioma amazônico e produção de soja no Brasil.

As críticas foram feitas durante o “One Planet Summit”, evento realizado nesta semana em Paris, no qual Macron é anfitrião. O encontro reúne cerca de 30 chefes de Estado, empresários, representantes de organizações não-governamentais (ONGs). O Brasil não participa do evento. O tema neste ano foi dedicado à preservação da biodiversidade.

Veja a publicação e a fala de Macron.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR