Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de outubro de 2019, 16h00

Para Marco Aurélio Mello, vídeo das hienas é “cortina de fumaça” para desviar atenção do caso Queiroz

“É uma coincidência muito grande que esse foco surja justamente numa hora em que aparecem essas coisas envolvendo o assessor Queiroz”, disse o ministro do STF

Foto: STF

Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), comentou nesta terça-feira (29) o vídeo publicado na página oficial de Jair Bolsonaro, e retirado do ar em seguida, no qual o presidente se compara a um leão, cercado por hienas, que seriam partidos políticos e instituições, como o STF. Para o magistrado, a iniciativa pode ser encarada como uma “cortina de fumaça” para desviar o foco do caso Queiroz.

Esta semana, áudios comprometedores de Fabrício Queiroz foram divulgados. O ex-assessor de Flávio Bolsonaro é alvo de investigação por recolher dinheiro de funcionários do gabinete do filho do presidente, a chamada “rachadinha”.

Últimos dias para você apoiar a grande reportagem da Fórum no rastro do Óleo das Praias do Nordeste. Bora contribuir!

“Coincidência?”

“Eu tenho que nada surge sem uma causa. Qual seria a causa? Qual é o descontentamento com o Supremo? (…) Agora, é uma coincidência muito grande que esse foco surja justamente numa hora em que aparecem essas coisas envolvendo o assessor Queiroz”, disse Mello à Rádio CBN.

Bolsonaro, em viagem à Ásia, se desculpou pelo vídeo postado em sua rede social e prometeu se retratar.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum