Fórumcast #20
13 de julho de 2017, 17h26

Para se salvar da denúncia, Temer oferece cargos e ministérios do PSDB a deputados do centrão

O peemedebista mostra, mais uma vez, como seu governo funciona como balcão de negócios e oferece recompensas para aqueles que forem leais na votação sobre a denúncia que pesa contra ele na Câmara 

Por Redação 

O presidente Michel Temer ofereceu, em reuniões realizadas nos últimos dias, cargos e ministérios hoje comandados pelo PSDB – que ameaça desembarcar do governo – a deputados do chamado “centrão”, com a contrapartida que votem contra a denúncia por corrupção passiva, em tramitação na Câmara, que pesa contra ele. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com o jornal, caciques do PP, PR, PSD e PRB se encontraram com Temer em reuniões realizadas nos últimos dez dias e, nos encontros, o peemedebista prometeu recompensar os deputados que forem fiéis ao governo na votação da denúncia. Caso o processo caia na Câmara – neste momento a matéria tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) – o governo será recomposto e os cargos redistribuídos. Esses parlamentares, então, ficariam com cargos e ministérios de tucanos em uma suposta nova coalizão.

Veja também:  PSOL vai à PGR para barrar censura na Ancine e acusa Bolsonaro de improbidade

Caso os partidos do centrão topem o acordo com Temer, o presidente somará, junto com o PMDB, 208 votos contra a denúncia, o que é mais que o suficiente para salvá-lo – são necessários apenas 172 votos contrários para que a denúncia caia.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum