Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de fevereiro de 2012, 19h05

Parlamento venezuelano aprova reeleição ilimitada para presidente

Após dois meses do encaminhamento da proposta de Chávez ao Parlamento para retirar o limite de uma reeleição para o cargo de presidente, a Assembléia Nacional da Venezuela aprovou por uma maioria esmagadora a emenda. Agora a proposta será encaminhada para o Conselho Nacional Eleitoral, que deverá convocar um referendo em no máximo 30 dias para que a população decida sobre a validade da mudança.

Em dezembro de 2007, Chávez já havia encaminhado proposta de reeleições ilimitadas, mas houve rejeição do parlamento. O partido de oposição argumenta que a medida é inconstitucional. O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), do presidente, defende que a medida é necessária para que a continuidade da revolução bolivariana no país.

Pesquisas realizadas no país indicam que a população permanece dividida sobre a aprovação da medida em referendo. Pesquisa realizada pela Grupo de Pesquisa Social XXI (GIS XXI), 51,7% dos venezuelanos votariam favoravelmente da emenda, enquanto 39,1% pronunciaram-se contra. O instituto é coordenado por um ex-ministro de Chávez. Outra fonte de pesquisa, o Consultores 21, apontou 56,8% dos eleitores contrários à medida.

Com informações da BBC.

Leia o que já foi publicado sobre o assunto:
Chávez lança campanha pela reeleição por período indefinido na Venezuela 

Constituição de Chávez traz discussões que vão além da reeleição, defende jornalista


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags