Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
27 de Maio de 2016, 09h56

Partidos de oposição a Dilma financiaram MBL, diz portal

Segundo áudios, DEM, Solidariedade, PMDB e PSDB apoiaram movimento que se diz apartidário em atos pró-impeachment

Segundo áudios, DEM, Solidariedade, PMDB e PSDB apoiaram movimento que se diz apartidário em atos pró-impeachment

Por Redação

Da esquerda para a direita, Bráulio Moraes, da Juventude do DEM, Fernando Holiday, do MBL, Victor Vilela Pupupim, da Juventude do PSDB, e Alexandre Neves, da Juventude do Democratas (Foto: Arquivo Pessoal/Braulio Moraes)

Da esquerda para a direita, Bráulio Moraes, da Juventude do DEM, Fernando Holiday, do MBL, Victor Vilela Pupupim, da Juventude do PSDB, e Alexandre Neves, da Juventude do Democratas (Foto: Arquivo Pessoal/Braulio Moraes)

O portal UOL divulgou que teve acesso a áudios que confirmam ajuda financeira de partidos contrários a Dilma Rousseff ao Movimento Brasil Livre (MBL), que se dizia apartidário.

De acordo com a reportagem, os partidos PMDB, DEM e Solidariedade teriam custeado a impressão de panfletos e uso de carros de som. A Juventude do PSDB teria ajudado a financiar caravanas, como pagamento de lanches e aluguel de ônibus.

O presidente da Juventude do PMDB, Bruno Júlio, confirmou ao portal que o partido pagou a impressão de 20 mil folhetos, com a frase “Esse impeachment é meu”, distribuídos na manifestação do dia 13 de março.

Ainda conforme o UOL noticiou, em “uma gravação de fevereiro de 2016 a que o portal teve acesso, Renan Antônio Ferreira dos Santos, um dos três coordenadores nacionais do MBL, diz em mensagem a um colega do MBL que tinha fechado com partidos políticos para divulgar os protestos do dia 13 de março usando as ‘máquinas deles também’”.

O militante do MBL disse que o áudio realmente é verdadeiro e que o comitê do impeachment do movimento contava com lideranças de vários partidos, entre eles, DEM, PSDB, SD e PMDB.

Já em outra gravação, o secretário de Mobilização da Juventude do PSDB do Rio de Janeiro, Ygor Oliveira, fala sobre “parceria com o MBL” para financiar protesto no dia 11 de maio, em Brasília, contra Dilma Rousseff.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum