quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Performance vai ler o nome dos 111 mortos no Massacre do Carandiru por 24 horas

O ato é encabeçado pelo artista plástico Nuno Ramos e está sendo realizado em um prédio no centro de São Paulo. Veja a transmissão ao vivo

Por Redação

Um ato organizado pelo artista plástico Nuno Ramos reuniu diversos artistas e outras personalidades para passar 24 horas lendo o nome das 111 pessoas que foram assassinadas no dia 2 de outubro de 1992 no episódio que ficou conhecido como “Massacre do Carandiru”.

Em 1992, Nuno Ramos expôs a instalação “111” que colocou sapatos e outros objetos dos presidiários mortos naquele dia.

Veja abaixo a transmissão ao vivo da performance que ocorre em um prédio no centro de São Paulo.

Leia também

Cinco filmes para entender melhor o Carandiru que estão disponíveis no Youtube

Mulheres protestam contra a decisão que absolveu PMs do massacre do Carandiru

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.