Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de janeiro de 2020, 10h37

Petrix, atleta que participa do BBB e se aproveitou de mulher alcoolizada, já foi abusado por técnico

Ginasta abandonou a equipe por não suportar mais os abusos, que aconteciam no banheiro, nos treinos físicos e até mesmo fora do ginásio

Divulgação

Petrix Barbosa, participante do programa Big Brother Brasil que se aproveitou de outra confinada na casa enquanto estava alcoolizada, já foi abusado pelo ex-técnico de ginástica artística Fernando de Carvalho Lopes, que foi desligado em 2018 da seleção brasileira depois da denúncia dos pais de um menino menor de idade treinado por ele.

Na época, o Fantástico, da Rede Globo, fez uma reportagem com vários atletas e ex-atletas que, depois de passados anos, tiveram a coragem de relatar os abusos. Ao todo, 40 meninos afirmaram ter sido vítimas do técnico. Dez levaram  o caso à justiça.

Todos os meninos acusaram o treinador de aproveitar da pouca idade deles e da falta de conhecimento dos processos do treinamento para tocá-los insistentemente.

Petrix foi o único que teve coragem de falar abertamente sobre o assunto. Ele foi um dos muitos atletas formados por Fernando, que trabalhou mais de 20 anos com atletas de base, todos homens, ou melhor, meninos, no Clube Mesc, em São Bernardo do Campo.

— Fernando foi meu primeiro técnico, o Mesc foi meu primeiro clube, onde comecei a ginástica — conta Petrix, que não apagou da memória os traumas daquele tempo. — Essa pressão psicológica num moleque de 10, 11 anos… Banho junto, me espiar… Já acordei com ele, não sei quantas vezes, com a mão dentro da minha calça.

Petrix abandonou a equipe por não suportar mais os abusos, que aconteciam no banheiro, nos treinos físicos e até mesmo fora do ginásio. O medo e a vergonha, no entanto, o impediram de contar a qualquer pessoa.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum