Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de junho de 2016, 16h09

Mais uma do Machado: PMDB recebeu mais de R$ 100 milhões em propinas

O depoimento de Sérgio Machado envolve diversos políticos do mais alto escalão do PMDB como Renan Calheiros, o ex-presidente da República José Sarney e o ex-ministro de Temer, o senador Romero Jucá

Por Redação

O ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, disse em seu acordo de delação premiada que repassou R$ 100 milhões para o PMDB de propina. O montante, no entanto, era maquiado como doação legal de campanhas.

“Esses pagamentos de propina eram feitos em dinheiro oriundo de diferentes empresas e, em anos eleitorais, também por meio de doação oficiais a partir de julho. […] Durante a gestão do depoente [Machado] na Transpetro foram repassados ao PMDB, segundo se recorda, pouco mais de R$ 100 milhões cujas as origens eram propinas pagas por empresas contratadas”.

O depoimento de Machado envolve diversos políticos do mais alto escalão do PMDB como Renan Calheiros, o ex-presidente da República José Sarney e o ex-ministro de Temer, o senador Romero Jucá. No documento de sua delação, Machado disse que Renan Calheiros ficou com R$ 32 milhões de propina; Sarney recebeu R$ 18 milhões e Romero Jucá ficava com R$ 21 milhões.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum