Fórumcast #20
27 de abril de 2014, 13h45

Polícias Militares do Brasil são ridicularizadas na internet

Inspirados em uma campanha feita em Nova Iorque, internautas brasileiros criaram a página “Minha PM”, que reúne fotos que flagram a repressão e a violência policial. 

Da Redação 

Na última semana a polícia de Nova Iorque, nos Estados Unidos, iniciou uma campanha de marketing que incentivava os cidadãos a postarem fotos com os policiais com a hashtag #myNYPD. Em pouco tempo, no entanto, a hashtag foi para os Treding Topics do Twitter com os usuários se aproveitando para postar fotos denunciando os abusos e a violência cometida pela polícia nova iorquina. 

No Brasil, usuários da rede se inspiraram no inusitado protesto dos americanos e criaram o tumblr Minha PM, que traz fotos denunciando a violência das Polícias Militares pelas cidades do país. De maneira bem humorada e irônica, a página convoca os internautas a compartilharem fotos dos “seus lindos momentos com a Polícia Militar brasileira”.

As legendas das fotos ironizam a postura dos agentes do Estado em diversas situações e evidenciam a desproporcionalidade da ação policial em relação às vítimas da violência retratada.

Veja também:  Com Tábata Amaral, maioria do PDT vota a favor de MP que libera trabalho aos domingos

Confira abaixo algumas das imagens reunidas pela página:

Foto: Reprodução/Tumblr Minha PM

Foto: Reprodução/Tumblr Minha PM

 

Foto: Reprodução/Tumblr Minha PM

Foto: Reprodução/Tumblr Minha PM

 

Foto: Reprodução/Tumblr Minha PM

Foto: Reprodução/Tumblr Minha PM

 

Foto: Reprodução/Tumblr Minha PM

Foto: Reprodução/Tumblr Minha PM

Foto: Reprodução/Tumblr Minha PM

Foto: Reprodução/Tumblr Minha PM

 

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum