Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
19 de janeiro de 2020, 19h30

Por diversão, empresário macrista lança porco de um helicóptero dentro de sua piscina

O fato teria acontecido na última terça-feira (14), em uma casa de veraneio na localidade de José Ignacio, no Uruguai. A residência pertence ao empresário Fernando Álvarez Castillo, uma das mais caras marcas de roupa masculina da Argentina, e aliado político de Mauricio Macri

Imagens: reprodução Twitter

O vídeo dura apenas 8 segundos, um helicóptero diminui a velocidade e parece querer ficar parado sobre um determinado lugar, até que, de repente, sai de dentro dele um corpo que velozmente, e que, pouco antes de cair dentro de uma piscina, é possível perceber que se trata de um porco.

O fato teria acontecido na última terça-feira (14), em uma casa de veraneio na localidade de José Ignacio, no Uruguai. A residência pertence ao empresário Fernando Álvarez Castillo, uma das mais caras marcas de roupa masculina da Argentina.

Quando o vídeo se tornou viral, o empresário reagiu rapidamente, afirmando que seria uma vítima de “uma piada de mal gosto”. No entanto, as imagens foram filmadas ao lado da piscina por alguém que parecia cúmplice dos que estavam no helicóptero. Tanto é assim que é possível ouvir algumas risadinhas após a queda do porco na piscina.

Castillo também afirmou que o animal já estava morto quando caiu na piscina – alguns internautas chegaram a especular que o porco foi atirado vivo, e na verdade, apesar da palavra do empresário, não há nenhuma certeza sobre isso.

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) foi um dos primeiros a repercutir o vídeo no Brasil, com a mensagem: “Diversão da turma LIBERAL que apoia Macri na Argentina: jogar um cordeiro (sic) inteiro de um helicóptero na piscina de uma mansão perto de Punta del Este. É possível ouvir risadas no final do vídeo. A casa é do empresário Federico Álvarez Castillo e `brincadeira´ indignou os uruguaios”.

Aliado do macrismo

Considerado um dos empresários mais famosos da Argentina, Castillo também é conhecido por suas posições políticas neoliberais. Nos últimos tempos, vem se mostrando como um importante aliado de Mauricio Macri.

Em uma entrevista em 2017, poucos meses antes de Macri pedir um empréstimo de 57 bilhões de dólares ao FMI (o que aconteceu em junho de 2018), Castillo deu uma entrevista ao diário argentino La Nación, na qual disse que “ele (Macri) tem um time de craques. Eu vejo suas cifras (econômicas) e são todas positivas, graças a uma equipe que não foi nomeada por política e sim pelo mérito. Eu acredito muito na meritocracia. Macri tem um oportunidad3 histórica de gerar uma revolução na economia argentina, e isso também vai resolver todos os demais problemas”.

O governo de Mauricio Macri terminou em dezembro de 2019, com desemprego de mais de 15%, inflação de 60%, dólar 7 vezes mais caro que quando assumiu, aumento de tarifas de serviços básicos (água, luz e gás) de mais de 2000% e uma dívida com o FMI (Fundo Monetário Internacional) de 44 milhões de dólares, graças a que seu sucessor, o peronista Alberto Fernández, rechaçou a última parte do programa de empréstimos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum