Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de fevereiro de 2012, 19h05

Por carta, maestro John Neschling é demitido da Osesp

John Neschling, maestro da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) nos últimos 12 anos, foi demitido do cargo por carta divulgada nesta quarta-feira, 21no site da instituição.

O documento assinado pelo presidente da Fundação do Conselho de Administração da Fundação Osesp, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, afirma que a demissão veio como resposta a declarações dadas por Neschiling, em dezembro, ao jornal "O Estado de São Paulo", que FHC classificou como "conduta indesejável e inconciliável com o desempenho das atribuições contratuais."

O texto de FHC diz que "à luz da gravidade dos termos daquela entrevista, que coroa uma série de manifestações na mesma direção, o Conselho de Administração, com pesar, mas no cumprimento do seu dever estatutário de zelar pela preservação dos interesses da Osesp, decidiu, por unanimidade, pela ruptura contratual imediata. A manifestação pública de Vossa Senhoria deixa poucas dúvidas quanto à possibilidade – como era nossa intenção – de uma convivência harmoniosa, no processo de sucessão, evidenciando conduta indesejável e inconciliável com o desempenho das atribuições contratuais."

Segundo a coluna de Mônica Bergamo no jornal Folha de S.Paulo de hoje, 22, o governador José Serra (PSDB) queria tirá-lo do cargo desde o ano passado devido a declarações de Neschling, que chegou a chamar Serra de "menino mimado" e "autoritário" logo no começo do governo.

Leia também

A guerra das orquestras Por Kerisson Lopes e Pedro Venceslau Em Minas Gerais, governo estadual segue modelo privatista na área cultural e deixa músicos “rebeldes” à míngua

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags