Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de novembro de 2016, 16h08

Posto Ipiranga de Ribeirão Preto (SP) ataca Lula e gera protesto nas redes

Uma petição na internet que propõe boicote ao posto de combustíveis por calúnia e difamação contra o ex-presidente já conta com mais de 4 mil assinaturas. Mesmo estabelecimento já havia erguido faixa atacando Dilma

Por Ivan Longo

O ódio ao PT, que tem se tornado cada vez mais intenso no país, atingiu em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, um nível de ataque um tanto quanto inusitado: já há alguns anos, uma unidade da rede de postos de combustíveis Ipiranga vem erguendo faixas de ofensas a Dilma, Lula e ao PT.

A mais recente é uma faixa que calunia o ex-presidente Lula, o chamando de “pai do mensalão, petrolão e corrupção”. E ainda prega que o petista irá para a cadeia de “camburão”.

A atitude dessa vez não passou despercebida e foi criada, na internet, uma petição que propõe boicote ao posto por calúnia e difamação contra o ex-presidente.

“Nos sentimos frontalmente desrespeitados pela empresa. Se a mesma, contudo, achar que isso, embora contrário à boa educação e ao respeito à democracia, seria só uma suposta “liberdade de expressão” (como se acusar pessoas, sem qualquer prova, pudesse ser assim considerado), consideramos justo que os democratas deste pais, que não aceitam esse tipo de postura empresarial, promovam um boicote contra o Posto Ipiranga. E, posteriormente, se for o caso, contra o Grupo Ultragaz, que é proprietário dessa rede de postos”, escreveram os organizadores na descrição da petição, que até a publicação desta matéria já contava com 4.220 assinaturas.

Se você está gostando desta matéria, apoie a Fórum se tornando sócio. Pra fazer jornalismo de qualidade nós precisamos do seu apoio.

Um dos criadores da petição é o jornalista Galeno Amorim. À Fórum, Galeno explicou que criou a petição online pois acredita que “a sociedade não pode continuar a dar guarida a esse tipo de atitude”.

“Ofende -se a torto e a direito e se os democratas e as pessoas de bem se omitirem caminharemos muito rapidamente para a barbárie. O Posto Ipiranga, que é uma marca até simpática aos olhos da população, tem que assumir e ser responsabilizado por essas agressões e ofensas gratuitas e que não vêm de hoje”, afirmou.

Para o jornalista, que contou que o posto no começo do ano estava com uma faixa erguida com palavras de ataque à ex-presidenta Dilma Rousseff, “esse tipo de ação, se estimulada, só contribui para a violência política, o desrespeito às instituições e o ódio entre as pessoas”.

“Definitivamente, só gera sentimentos negativos na sociedade”, completou.

A reportagem da Fórum entrou em contato com a empresa que administra a unidade do Posto Ipiranga mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum