No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
16 de setembro de 2016, 12h59

Prefeito elogiado por esposa durante processo de impeachment na Câmara está foragido

Ruy Muniz está foragido. Sua esposa, deputada Raquel Muniz, o elogiou no Senado ao votar a favor do impeachment de Dilma Rousseff.

Ruy Muniz teve sua segunda prisão decretada nesse ano e está foragido. Ele já havia sido afastado do cargo. Sua esposa, deputada Raquel Muniz (PSD-MG), o elogiou em um discurso “contra a corrupção” na Câmara ao votar a favor do impeachment de Dilma Rousseff

Por Matheus Moreira

A Operação Tolerância Zero, da Polícia Civil e Ministério Público Federal, foi deflagrada nesta quinta-feira (15) e um dos seus alvos é o prefeito afastado do município de Montes Claros, em Minas Gerais. Ruy Muniz (PSB) teve seu segundo pedido de prisão decretado esse ano e está foragido. Ele havia sido afastado da função por envolvimento em desvio de verbas públicas.

Sua esposa, a deputada federal Raquel Muniz (PSD-MG), durante a sessão na Câmara que optou pelo impeachment de Dilma Rousseff, elogiou o marido durante seu pronunciamento antes de declarar o voto favorável ao afastamento da presidenta eleita.

Raquel também é citada no escândalo investigado pela Polícia Civil, que declarou seu esposo foragido nesta quinta-feira (15). Ruy Muniz e sua esposa constam como avalistas no contrato de compra e venda de um imóvel avaliado em R$ 2 milhões, no bairro de Ibituruna. O comprador do imóvel é o filho do casal, Ruy Gabriel Muniz.

O imóvel seria parte do esquema de lavagem de dinheiro promovido pelo prefeito afastado. A polícia ainda encontrou documentos com timbre da prefeitura de Montes Carlos, entre eles contratos de compra e venda e nota promissória, no valor de R$ 1,5 milhões.

Foto: Reprodução/Brasil 247


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum