#Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de outubro de 2019, 14h51

Prefeitura de São Paulo fará festival com obras censuradas pelo governo Bolsanaro

Atividades serão realizadas no próximo verão

Como um forma de rebater os ataques que o governo federal vem fazendo as diferentes áreas culturais, a prefeitura de São Paulo vai promover o festival Verão Sem Censura. O evento vai apresentar peças que não puderam ser colocadas em cartaz por medidas feitas por ordem do Palácio do Planalto para impedi-las.

Segundo a secretaria de Cultura da capital paulista, o festival tem a missão de reafirmar São Paulo como um oásis cultural. “Uma resistência que absorve o valor, que luta pelo valor mais importante da cultura, que é a liberdade de expressão. Nós vamos fazer isso não como uma medida de antagonismo ao governo federal, mas de valorização da nossa cultura”, declarou o secretário de cultura da cidade de São Paulo, Alê Yousseff, em entrevista à

Um dos espetáculos que estarão em cartaz no festival é a peça “Abrazos”, que conta casos da ditadura militar. A companhia de teatro Clowns de Shakespeare foi proibida de continuar a se apresentar depois de uma sessão na Caixa Cultural do Recife. A justificativa da Caixa Econômica Federal é que em um debate após a primeira representação membros do grupo romperam uma cláusula de não criticar os patrocinadores. A companhia teatral nega.

“Meu grupo passa por um momento financeiro muito difícil por causa dos projetos cancelados. Era nossa principal fonte de receita. Este tipo de festival é uma forma de compensar um pouco o perdido e uma oportunidade de nos reunirmos com outros e compartilhar esta experiência”, disse ao El Pais o diretor Fernando Yanamoto.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum