Fórum Educação
07 de fevereiro de 2020, 11h15

Primeiro caso de argentino com coronavírus é registrado no Japão

O paciente é um dos 41 passageiros de um cruzeiro que está bloqueado no porto de Yokohama, com os infectados em quarentena

O primeiro caso de cidadão argentino com coronavírus foi registrado bem longe do território do país, mais precisamente na cidade japonesa de Yokohama.

Ele viaja no cruzeiro japonês Diamond Princess, que está bloqueado no porto daquela cidade, com 41 passageiros em quarentena. Entre os infectados, além desse primeiro argentino, há 21 japoneses, 8 estadunidenses, 5 australianos, 5 canadenses e um britânico.

Ainda não há nenhum detalhe sobre a identidade das pessoas contagiadas, mas o jornal portenho Página/12 apurou que o Ministério de Relações Exteriores da Argentina já o identificou, e também averiguou que há outros sete argentinos entre os passageiros do cruzeiro, mas que ainda não apresentaram sintomas da gripe – segundo os especialistas, o período de incubação do coronavírus pode ser de até 14 dias.

As autoridades japonesas proibiram até mesmo os tripulantes e passageiros sem sintomas de sair do navio, e impôs uma quarentena que, por enquanto, se prolongaria ao menos até o dia 19 de fevereiro.

O Diamond Princess partiu do mesmo porto de Yokohama no dia 20 de janeiro, passou por outros portos japoneses, como Kagoshima e Okinawa, e depois foi a Hong Kong, onde recebeu novos passageiros, alguns deles infectados, e que contagiaram os demais. No momento, o navio está habitado por  3,7 mil pessoas (2,6 mil passageiros e 1,1 mil tripulantes), a maioria japoneses.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum