Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de julho de 2017, 08h50

Procurador da Lava Jato critica acordo de delação com a JBS e abre guerra no MP

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, da Lava Jato no MP, critica em entrevista à Folha a negociação e a divulgação do acordo de Joesley Batista com a PGR, em Brasília: “Houve um dano de imagem a toda a investigação, que contamina tudo.”

 

Por Redação*

 

Em entrevista publicada hoje na Folha de S.Paulo, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, da Lava Jato de Curitiba, fala sobre diversos assuntos, como suas postagens em redes sociais, defende que indício é prova, mas pesa a mão nas críticas quando analisa a negociação para a delação do empresário Joesley Batista, da JBS, com o Ministério Público Federal em Brasília.

“…a JBS, que realmente em termos de comunicação foi muito complicado para o Ministério Público. O acordo é muito mal compreendido pela população. Isso é um erro nosso. Seja porque o benefício talvez tenha sido deferido de uma forma muito leniente, seja porque [o MP] não se preparou adequadamente para comunicar.”

Ele explica que faria o acordo, que tem respeito pelas pessoas que negociaram, mas afirma que esse acordo causou danos à imagem do Ministério Público: “Houve um dano de imagem a toda a investigação, que contamina tudo. De repente, aqui no Paraná, nos vimos tendo que responder sobre isso.”

Sobre a Lava Jato, afirmou que a operação está na meia idade e caminhando para a velhice, acabando “porque o assunto se esgotou ou porque não existem recursos mais para você trabalhar? Creio que temos os dois fenômenos. Estamos caminhando para o esgotamento do assunto Petrobras. Mas também estamos sofrendo com falta de recursos. Estamos ficando velhos e com reumatismo”, disse.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum