Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de junho de 2015, 15h55

Professor da Federal de Viçosa deseja estupro a mãe e filha de juiz

Joaquim Sucena Lannes, que é chefe do departamento de Comunicação da Universidade Federal de Viçosa (UFV), caiu em uma pegadinha e aproveitou para destilar ódio na internet.

Joaquim Sucena Lannes, que é chefe do departamento de Comunicação da Universidade Federal de Viçosa (UFV), caiu em uma pegadinha e aproveitou para destilar ódio na internet

Por Redação

(Reprodução/Facebook)

(Reprodução/Facebook)

Em seu perfil no Facebook, o professor da Universidade Federal de Viçosa (UFV) Joaquim Sucena Lannes publicou mensagens que foram consideradas como apologia ao estupro. Ao comentar uma notícia, ele afirmou que o suposto assaltante deveria entrar na casa de um juiz e violentar a esposa, a filha e outras mulheres da família.

A notícia em questão – que era falsa – falava sobre um ladrão que assaltou um juiz após o magistrado tê-lo libertado. Na postagem, o professor escreveu: “Bem feito. Tomara que futuramente este marginal entre na casa do juiz, estupre a mulher dele, a filha e outras mulheres da família dele. Aí quem sabe ele possa ver quem merece ficar solto e quem merece ficar preso. Bem feito.”

Ele ainda tentou justificar sua opinião na rede social: “Engraçado, algumas pessoas acharam que meu pensamento é errado. Mas é apenas uma reflexão. A polícia prende meliantes, ladrões, estupradores, etc. Gente que entra em nossas casas e matam, ferem, estupram, entre outras coisas. Depois, um juizinho vem e solta o meliante para fazer mais. Ok, não vamos discutir por isso. Isto é minha opinião. Não gostou? Levem o meliante para casa, deem carinho a ele. O protejam. Sem problemas. O juiz solta e vocês acolhem. E fim de papo”.

Com a repercussão negativa, Lannes – que é chefe do departamento de Comunicação da universidade – apagou o texto. A UFV informou que não irá se manifestar sobre o caso.

Foto de capa: Reprodução/Facebook


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum