Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de fevereiro de 2012, 09h48

Profissionalização de funcionários de escola é aprovado na Comissão de Educação do Senado

A Comissão de Educação do Senado aprovou nesta terça-feira, 9, a emenda da Câmara dos Deputados ao Projeto de Lei do Senado 507/03, que define as categorias de trabalhadores que podem ser considerados profissionais de educação. O projeto, de autoria da senadora Fátima Cleide (PT/RO), tramitava na Câmara com o nº 6.206/05. A emenda será examinada, agora, pelo Plenário em regime de urgência. Se for aprovada, segue para a sanção do Presidente Lula.

A modificação aceita pela relatora da matéria, senadora Ideli Salvatti (PT-SC), inclui entre os profissionais de educação professores habilitados em nível médio ou superior; portadores de diploma de Pedagogia com habilitação em administração, planejamento, supervisão, inspeção e orientação educacional; e portadores de diploma de curso técnico ou superior em área pedagógica ou afim.

Para a senadora Fátima Cleide, o objetivo do projeto é regulamentar o exercício profissional de cerca de um milhão de educadores e propiciar uma perspectiva de formação pedagógica e profissional, com o intuito de convertê-los em agentes mais efetivos da qualidade da educação.

Representantes de funcionários de escola de diversas entidades filiadas à CNTE, especialmente o Cpers/RS, que enviou uma delegação de aproximadamente 40 pessoas, vieram a Brasília para acompanhar a votação da matéria e, juntamente com os representantes da direção da CNTE, comemoraram a aprovação unânime do PL na Comissão de Educação.

O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Leão, afirma que o PL é mais uma vitória da categoria e representa a valorização dos trabalhadores em educação em todo o país.

(Com informações da CNTE)


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags