Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de outubro de 2012, 19h52

Programa de bônus da USP não reduz desigualdades raciais

Dados preliminares apresentados pela Pró-Reitoria de Graduação demonstram que o programa de bônus de pontuação a alunos de escolas públicas não tem reduzido de forma significativa as barreiras raciais

(http://www.flickr.com/photos/perfectsonnet/)

Dados preliminares apresentados pela Pró-Reitoria de Graduação demonstram que o programa de bônus de pontuação a alunos de escolas públicas não tem reduzido de forma  significativa as barreiras raciais

Por Dennis de Oliveira

A Pró-Reitoria de Graduação (PRG) da Universidade de São Paulo apresentou os dados preliminares sobre inclusão social na instituição com o objetivo de propiciar uma avaliação do Inclusp – programa que concede bônus a alunos de escolas públicas no vestibular da Fuvest. Segundo os dados apresentados pela PRG, no ano de 2012, 28,03% dos alunos matriculados na universidade vinham de escola pública. O pico do percentual de alunos de escolas públicas matriculados na universidade foi em 2009 (29,62%).

O Núcleo de Consciência Negra da USP vem lutando pela adoção de cotas raciais na universidade, com apoio de outras entidades do movimento negro como o Educafro, o Instituto Luiz Gama e o Ceert. Em sua última reunião, o Conselho Universitário discutiu o tema e aprovou que a instituição realizaria uma série de seminários para discutir o assunto. O primeiro será realizado no dia 4 de dezembro, as 14h no auditório da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia e está sendo organizado por uma comissão vinculada à Secretaria Geral da universidade.

Os dados apresentados pela PRG no tocante à questão racial indicam questões importantes para serem refletidas sobre este problema.

Continue lendo aqui


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum