Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de outubro de 2013, 16h30

Nova morte de adolescente por PM causa protesto na zona norte de SP

Segundo a Polícia Militar, Jean, de 16 anos, tentou assaltar um policial; moradores negam

Segundo a Polícia Militar, Jean, de 16 anos, tentou assaltar um policial; moradores negam

Por Redação

Mais um adolescente morto pela Polícia Militar na periferia de São Paulo causa novo protesto (Foto: Reprodução/Facebook)

Na manhã desta terça-feira (29), mais um adolescente foi morto pela polícia, no Parque Novo Mundo, zona Norte de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, Jean, de 16 anos, teria tentado assaltar um oficial, que revidou com três tiros, um na cabeça e dois no abdômen.

Indignados, moradores da região do Parque Novo Mundo, zona norte de São Paulo, protestaram pela morte do garoto, fechando a Avenida Tenente Amaro Felicíssimo da Silveira, nos dois sentidos, na altura da rodovia Presidente Dutra. Os moradores negam a versão da polícia, conforme informou o portal R7. Segundo eles, o menino não é bandido e não teria tentado assaltar o PM.

Leia também:
Black blocs, o assassinato do menino Douglas e o inferno anunciado…
Moradores da Vila Medeiros (SP) protestam após morte de adolescente por PM

A morte ocorre após seguida do assassinato, no domingo (27), de Douglas Rodrigues, de 17 anos, na Vila Medeiros, também Zona Norte de São Paulo. A morte de Douglas também provocou manifestações e revolta na região e pela internet. “Senhor, por que o senhor atirou em mim?”, teria dito Douglas antes de morrer, segundo sua mãe. O garoto estudava e trabalhava. De acordo com a PM, o tiro foi acidental.

A morte de Douglas e os protestos têm trazido à tona a situação de violência das periferias de São Paulo. Confira abaixo um relato de um morador da Vila Medeiros após a morte de Douglas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum