Fórumcast #20
10 de junho de 2015, 18h28

Refugiados de 12 países criam música para agradecer abrigo no Brasil

O clipe “Refugiados no Brasil” levou cerca de 10 meses para ser produzido e foi feito após ser escolhido pelo programa Iniciativa Jovem da Acnur (Agência de Refugiados da Onu); confira

O clipe “Refugiados no Brasil” levou cerca de 10 meses para ser produzido e foi feito após ser escolhido pelo programa Iniciativa Jovem da Acnur (Agência de Refugiados da Onu); confira

Por EBC

Para agradecer o asilo recebido no Brasil, um grupo de 50 refugiados abrigados em São Paulo gravou uma música que foi divulgada na internet. O clipe “Refugiados no Brasil” levou cerca de 10 meses para ser produzido e foi feito após ser escolhido pelo programa Iniciativa Jovem da Acnur (Agência de Refugiados da Onu). A iniciativa foi da Caritas Arquidiocesana de São Paulo, local que abriga os refugiados.

Na música (que pode ser ouvida abaixo), os refugiados cantam e relatam o que passavam no país de origem: “Nós estamos aqui, com muitas saudades. Por causa da guerra, deixamos as nossas cidades. E deixamos para trás família e amigos. O destino tanto faz, desde que fiquemos vivos”.

O idioma escolhido para o videoclipe foi o português. Apesar de alguns imigrantes não serem fluentes, a escolha se deu para atingir o público brasileiro com a mensagem. Apenas ao fim da música foi utilizado o idioma nativo. Você pode assistir o making of logo abaixo:

Veja também:  Bolsonaro odeia o Brasil?


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum