sábado, 19 set 2020
Publicidade

Regina Duarte passa em “estágio’ e será oficializada na Secretaria de Cultura

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (24) que deve confirmar o “casamento” com Regina Duarte no final da próxima semana. Atriz está em período de “teste” antes de assumir oficialmente como secretária especial de Cultura. Questionada sobre a confirmação, ela respondeu que “continua namorando”.

Mesmo sem a confirmação de posse, Regina Duarte já escolheu nessa quinta-feira (23) como “número 2” da secretaria a reverenda Jane Silva, atual secretária de Diversidade Cultural na pasta. A pastora atua em uma das igrejas que mais deve ao governo federal por calote em taxas como pagamento do INSS de funcionários. A Igreja Batista da Lagoinha, também frequentada pela ministra Damares Alves, acumula uma dívida de cerca de 9,5 milhões de reais.

“Acredito que na quarta ou quinta a gente assina no cartório e faz o casamento”, disse o presidente, de acordo com a Agência Estado. Bolsonaro atualmente está em Nova Délhi, na Índia, onde vai permanecer por quatro dias.

A atriz passou a ser cotada para a pasta após a demissão de Roberto Alvim, que estremeceu o governo após publicar um vídeo com trechos de um discurso nazista. Na quarta-feira (22), ela esteve em Brasília para conhecer o funcionamento da Secretaria Especial da Cultura, assim como os possíveis colegas de trabalho e aproveitou para marcar reuniões de trabalho. Se aceitar o convite do presidente, a atriz vai receber R$ 17.327,65 por mês.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.