Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de novembro de 2016, 20h17

Repórteres são agredidos em reunião da bancada ruralista

Depois de fazer entrevistas, os dois jornalistas estavam conversando com assessores da Frente Parlamentar da Agropecuária quando foram puxados pelo braço e empurrados para fora do prédio da reunião

Por Redação

Dois repórteres denunciaram que foram agredidos nesta terça-feira (29) ao tentarem cobrir uma reunião  na sede da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), em Brasília.

O jornalista Alceu Castilho, responsável pelo projeto De Olho Nos Ruralistas, um observatório do agronegócio no Brasil, contou que entrevistou os deputados Luis Carlos Heinze (PP-RS) e Alceu Moreira (PMDB-RS), que “exerceram o direito deles de responder ou não às perguntas”.

Depois das entrevistas, os dois jornalistas estavam conversando com assessores da FPA quando foram puxados pelo braço e empurrados para fora do prédio da reunião. Um dos seguranças ainda tentou quebrar as lentes de um dos repórteres.

“Depois, conversava sobre amenidades com um dos três assessores de imprensa da FPA (eu já conversara com o principal, a quem apresentei o crachá de editor), um colega que não via há 15 anos. De repente veio um homem – que se declarou dono da casa – pegando forte no meu braço e me empurrando, dizendo: “Você vai sair daqui agora”. Um dos seguranças tentou quebrar a lente da câmera do Takahashi – que me acompanhava como produtor e cinegrafista”, escreveu o jornalista Alceu Castilho.

A reunião é realizada semanalmente e quase sempre é divulgada pelos parlamentares. O jornalista escreveu que ‘em nenhum momento foi convidado a se retirar”.

“Em nenhum momento antes dessa agressão fomos convidados a nos retirar. Até porque se tratava de reunião de uma frente parlamentar. Nenhum assessor da FPA disse qualquer coisa nesse sentido. Nem teria cabimento”, completou.

Leia o relato de Alceu Castilho:

 

Foto de Capa: André Takahashi/Facebook


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum