Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de fevereiro de 2020, 21h26

Revista internacional de saúde desaprova políticas de abstinência sexual de Damares

Segundo a revista Lancet, já foi comprovado que tais recomendações são absolutamente ineficazes

A ministra Damares Alves (Foto: Divulgação/MMFDH)

A internacionalmente respeitada revista Lancet fez um editorial condenando a política de abstinência proposta por Damares.

A revista traz dados concretos sobre o Brasil: em 2017, no Brasil, 459 mil bebês nasceram de mães adolescentes entre 15 e 19 anos e 29 mil de meninas de 10 a 14 anos, com uma queda, respectivamente, de 36 e 24% comparados com 2000. Porém,os números brasileiros ainda estão acima da média global. 66% dessas jovens mães não engravidaram intencionalmente e cerca de 75% das adolescentes já não estavam frequentando a escola.

“O editorial reforça um conjunto de evidências científicas que mostram que essas campanhas e políticas públicas baseadas em abstinência têm impacto zero na gravidez na adolescência e um impacto muito ruim na prevenção de ISTs”, diz Alexandre Padilha, Deputado Federal e ex-Ministro da Saúde do Governo Dilma.

O texto é concluído cravando que os aspectos ideologicamente motivados da “pastora”, como chamaram Damares, devem ser expostos como inapropriados e ineficazes.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum