Fórumcast #20
28 de maio de 2015, 16h06

Romário consegue assinaturas para criação da CPI do Futebol

A Comissão terá 180 dias para investigar possíveis irregularidades em contratos referentes a partidas da seleção brasileira de futebol, em campeonatos organizados pela CBF, assim como a Copa das Confederações em 2013 e a Copa do Mundo de 2014

A Comissão terá 180 dias para investigar possíveis irregularidades em contratos referentes a partidas da seleção brasileira de futebol, em campeonatos organizados pela CBF, assim como a Copa das Confederações em 2013 e a Copa do Mundo de 2014

Por Karine Melo, da Agência Brasil

Um dia depois da prisão de cartolas da Fifa, entre os quais o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, foi lido no plenário do Senado pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a CBF e o comitê organizador local da Copa do Mundo Fifa 2014.

A iniciativa é do senador Romário (PSB-RJ), que reuniu 53 assinaturas para criação do colegiado. Agora, os senadores têm até meia-noite para desistir de apoiar a criação da comissão, mas se do total pelos menos 27 mantiverem as assinaturas, a CPI será criada. Terá sete titulares, indicados pelos líderes partidários, de acordo com a proporcionalidade das bancadas.

“Este é o momento de moralizarmos o nosso futebol, e não podemos perder a oportunidade. Esperamos desmontar a caixa-preta que existe dentro da CBF”, disse Romário que, além de jogar em vários times, foi titular da seleção brasileira.

Veja também:  Bolsonaro negocia com Senado órgãos de R$ 2,5 bilhões para emplacar Eduardo na embaixada

A Comissão terá 180 dias para investigar possíveis irregularidades em contratos sobre partidas da seleção brasileira de futebol, de campeonatos organizados pela CBF, assim como para a Copa das Confederações em 2013 e a Copa do Mundo de 2014. Marin será investigado por envolvimento em negociação de propinas no valor de R$ 346 milhões pela cessão dos direitos de transmissão da Copa América até 2023.

(Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum