No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
11 de setembro de 2015, 21h51

Secretaria-Geral da Presidência solicita investigação da PF sobre caso do buffet de Teresina

Governo pede à Advocacia Geral da União que avalie as medidas cabíveis, para eventual responsabilização penal e civil, em função da publicação de informações que poderiam colocar em risco a segurança da presidenta

Governo pede à Advocacia Geral da União que avalie as medidas cabíveis, para eventual responsabilização penal e civil, em função da publicação de informações que poderiam colocar em risco a segurança da presidenta

Por Redação

A Secretaria-Geral da Presidência da República solicitou à Polícia Federal que investigue a publicação de postagem feita no Facebook relativa ao buffet que iria prestar serviços ao evento do Dialoga Brasil, realizado na tarde desta sexta-feira (11), em Teresina (PI), com a presença da presidenta Dilma Rousseff.

O pedido aconteceu em decorrência do fato de uma das funcionárias do estabelecimento ter postado publicação na rede social em que pessoas sugeriram o envenenamento da comida que seria servida à presidenta (veja aqui). Em nota, a secretaria pede ainda que a Advocacia Geral da União “avalie as medidas cabíveis, para eventual responsabilização penal e civil, decorrente de publicação de informações, em rede social, que poderiam colocar em risco a segurança da Presidenta da República, com possível caracterização de incitação a crime contra a sua pessoa. O fato é agravado pelo envolvimento de empresa que prestaria serviços em evento da Presidência em Teresina – PI”.

Confira a íntegra da nota, emitida na noite desta sexta, abaixo:

NOTA

A Secretaria-Geral da Presidência da República solicitou à Polícia Federal que investigue e à Advocacia Geral da União que avalie as medidas cabíveis, para eventual responsabilização penal e civil, decorrente de publicação de informações, em rede social, que poderiam colocar em risco a segurança da Presidenta da República, com possível caracterização de incitação a crime contra a sua pessoa. O fato é agravado pelo envolvimento de empresa que prestaria serviços em evento da Presidência em Teresina – PI.

Repudiamos qualquer forma de incitação a crime ou a atentado contra qualquer pessoa.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum