Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de junho de 2016, 10h55

Secretário de Juventude nomeado por Temer é acusado de ameaçar mulher com faca

Bruno Santos foi denunciado por duas mulheres. Ex-companheira afirma que recebeu socos, tapas, puxões de cabelo e chutes, além de ter sido ameaçada com uma faca.

Bruno Santos foi denunciado por duas mulheres. Ex-companheira afirma que recebeu socos, tapas, puxões de cabelo e chutes, além de ter sido ameaçada com uma faca

Por Redação

O Secretário Nacional de Juventude, Bruno Moreira Santos, nomeado pelo presidente interino Michel Temer, é acusado de agressão, assédio sexual e ameaça por duas mulheres.

Ele foi denunciado pela ex-companheira por agredi-la com socos, tapas, puxões de cabelo e chutes, além de ameaçá-la com uma faca, de acordo com boletim de ocorrência registrado em Belo Horizonte (MG).

Procurado pela imprensa, o secretário, a princípio, negou conhecer a mulher, mas depois admitiu que os dois tiveram uma filha, fruto de um relacionamento que durou cerca de um ano. Bruno afirmou não saber da ocorrência registrada na delegacia e sugeriu que a atitude da ex-companheira foi tomada porque ele ganhou na Justiça a guarda da criança.

Em outro boletim de ocorrência, de setembro de 2015, constam acusações de assédio sexual por parte de uma funcionária de Bruno, que foi subordinada a ele em uma agência do governo de Minas Gerais. Segundo o documento, o secretário fazia propostas de relacionamento à vitima e a convidava para viajar. Ao ser recusado, teria começado a ameaçar a mulher com a demissão.

O nomeado de Temer afirmou novamente não ter conhecimento do fato e alegou que as denúncias surgiram logo que demitiu a funcionária. Bruno Santos tem 24 anos, é presidente da Juventude Nacional do PMDB e filho do deputado estadual de Minas Gerais Cabo Júlio, do mesmo partido.

Foto: Reprodução

Com informações da revista Época


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum