Segunda vacina russa, EpiVacCorona tem eficácia de 100%, dizem autoridades do pais

Em comunicado à imprensa, autoridades russas divulgaram resultados da segunda fase de testes da vacina que é desenvolvida pelo centro científico de virologia e biotecnologia Véktor

Comunicado da agência de Saúde russa divulgado nesta terça-feira (19) informa que a EpiVacCorona, segunda vacina contra o coronavírus feita no país que é desenvolvida pelo centro científico de virologia e biotecnologia Véktor, tem eficácia de 100% no combate à Covid-19.

“O resultado consiste em sua eficácia imunológica e preventiva. De acordo com os resultados da primeira e segunda fase dos ensaios clínicos, a eficácia imunológica da vacina EpiVacCorona é de 100%”, diz o comunicado.

A EpiVacCorona foi registrada em meados de outubro e em novembro o Ministério da Saúde da Rússia autorizou o centro Véktor a realizar testes clínicos em até 3.000 voluntários e pessoas com mais de 60 anos de idade.

No final de novembro, o centro Véktor anunciou que sua vacina garante imunidade contra o coronavírus um mês após a primeira injeção. “O nível de proteção pode ser alcançado em um período de tempo diferente para cada pessoa, mas em média é formado em um mês”, explicou Alexánder Rýzhikov, diretor do departamento de zoonoses e gripe.

No início de dezembro, as autoridades de saúde russas entregaram documentos sobre o EpiVacCorona à Organização Mundial da Saúde (OMS) para revisão.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta.

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR