Sem vacinas, Frentes convocam novas carreatas pelo Fora Bolsonaro

O movimento defende ainda a vacinação para todos, seguindo os critérios de prioridade e transparência, e a prorrogação do auxílio emergencial no valor de R$ 600 até o fim da pandemia, além da proteção aos empregos.

O calendário de vacinação atrasou em todo o país. Pelo calendário original definido pelo governo de São Paulo, os idosos de 80 a 84 anos deveriam ter sido vacinados dia 8 de fevereiro. A vacinação foi remarcada para 15 de fevereiro, mas não ocorreu e não há data para acontecer. O mesmo se repete em todos os estados e municípios brasileiros.

Para piorar, o Brasil é o país mais afetado pela pandemia e está vivendo uma contaminação recorde com nova cepa mais agressiva que vem colapsando o sistema de saúde dos municípios brasileiros.

O Brasil é o único país do mundo com tendência de crescimento acelerado da pandemia do novo coronavírus, de acordo com estudo publicado pelo Imperial College de Londres na última terça-feira (16/02).

Estudo da USP aponta que Bolsonaro agiu deliberadamente para expandir a pandemia e a “estratégia de propagação do vírus” foi realizada com “empenho e eficiência”. É a necropolítica nua e crua e o resultado são em números oficiais 10 milhões de infectados e 241 mil mortos.

Diante de toda esta barbárie os movimentos sociais realizam nova manifestação no próximo final de semana em defesa da vacina e pelo Fora Bolsonaro

Nova mobilização nesse fim de semana pelo Fora Bolsonaro

Na Câmara dos Deputados já existem 68 pedidos de impeachment protocolados.

As Frentes Brasil Popular, Povo Sem Medo e o Movimento Eu Acredito querem reforçar a pressão no Congresso, mesmo após a eleição dos candidatos de Bolsonaro às presidência do Congresso Nacional. Por isso, promoverão, nos dias 20 e 21 de fevereiro, carreatas pelo Fora Bolsonaro, Impeachment Já, por todo o país.

No sábado (20), às 14h, serão realizadas quatro carreatas na capital de São Paulo, saindo de regiões da cidade em direção à Avenida Paulista. Já foram realizadas carreatas nos dias 23 e 31 de janeiro, pelo Fora Bolsonaro.

A manifestação por meio de carreatas permite respeitar as regras de distanciamento social para evitar contaminação pelo coronavírus.

O movimento defende ainda a vacinação para todos, seguindo os critérios de prioridade e transparência, e a prorrogação do auxílio emergencial no valor de R$ 600 até o fim da pandemia, além da proteção aos empregos.

O aumento do desemprego, a demora para resolver a questão da volta do auxílio emergencial e o prolongamento da crise sanitária, somados à pressão, por meio das carretas, poderão levar os deputados a instalar a comissão do impeachment“, afirma Raimundo Bonfim, coordenador da Central de Movimentos Populares e integrante da coordenação da Frente Brasil Popular.

Avatar de Sindicato Popular

Sindicato Popular

O blog é uma parceria da Fórum com o Sindipetro-NF (Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense). Traz artigos e análises de temas de interesse dos trabalhadores.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR