Senado aprova em primeiro turno o adiamento das eleições municipais para novembro

Proposta colocada devido a pandemia de coronavírus ainda precisa ser votada em segundo turno pelos senadores e depois vai à Câmara dos Deputados

O Senado aprovou nesta terça-feira (23) o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição que altera as datas das eleições municipais deste ano devido a pandemia do coronavírus.

Pelo texto aprovado, o primeiro e segundo turnos serão realizados nos dias 15 e 29 de novembro, respectivamente. O calendário eleitoral, incluindo prazos para descompatibilização, registro de candidaturas, propaganda eleitoral e prestação de contas, também foi alterado.

Foram 67 votos favoráveis, 8 contrários e 2 abstenções. ​Agora, os senadores analisam possíveis mudanças, que poderão alterar o texto, inclusive sobre a data do segundo turno. Alguns parlamentares defendem 6 de dezembro.

A votação da PEC em segundo turno deve ser realizada ainda nesta terça.

Avatar de Ricardo Ribeiro

Ricardo Ribeiro

Correspondente da Fórum na Europa. Jornalista e pesquisador, é mestre em Jornalismo e Comunicação pela Universidade de Coimbra e doutorando em Política na Universidade de Edinburgh. Trabalhou na Folha de S.Paulo, Agora e UOL, entre 2008 e 2017, como repórter e editor.