Entrevista exclusiva com Lula
06 de abril de 2017, 11h02

Serra não gosta de sua participação em filme sobre a implantação do Plano Real

No trailer do longa, divulgado no mês passado, há um rápido trecho que mostra Serra no filme, a partir do 1m55s, dizendo achar que o Plano Real “não funciona”. No caso em questão, mais uma vez a ficção imita a realidade e demonstra que nem o próprio político suporta uma análise histórica de sua canhestra trajetória.

Da Redação com Informações da Coluna Sem Legenda, da Folha

De acordo com a coluna “Sem Legenda”, da Folha de São Paulo, José Serra não gostou da forma como foi retratado em “Real – O Plano por Trás da História”, ficção que pretende contar os bastidores da implantação do Plano Real e que estreará em maio.

O filme, um panfleto tucano que tenta resgatar o período de implantação do Plano Real, é baseado no livro “3000 dias no Bunker”, de Guilherme Fiuza, o controverso jornalista que, no ano passado, pagou mico internacional ao fazer matéria insinuando que o jornal americano The New York Times recebia dinheiro para defender a então presidente Dilma Roussef.

Na obra, dirigida por Rodrigo Bittencourt, o senador é vivido pelo ator Arthur Kohl. À época do filme, Serra era deputado federal.

No trailer do longa, divulgado no mês passado, há um rápido trecho que mostra Serra no filme, a partir do 1m55s, dizendo achar que o Plano Real “não funciona”.

Produtor de “Real”, Ricardo Fadel Rihan diz que o filme não foi feito para os retratados.

 

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum