Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de julho de 2015, 15h08

SUS começa a distribuir ‘pílula do dia seguinte’ contra Aids

Antes burocrático, o tratamento agora ficará acessível em postos de saúde para todos aqueles que tiveram risco de contato com o vírus HIV.

Antes burocrático, o tratamento agora ficará acessível em postos de saúde para todos aqueles que tiveram risco de contato com o vírus HIV 

Por Redação 

Começou a valer, a partir desta quinta-feira (23), a distribuição gratuita da ‘pílula do dia seguinte’ contra a Aids pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A medida foi publicada no Diário Oficial da União e, a partir de agora, todos aqueles que tiveram algum tipo de contato de risco com o vírus HIV poderão ter acesso à medicação em um posto de saúde.

O tratamento – chamado de profilaxia pós-exposição – pode ser feito por profissionais de saúde que tiveram contato com o sangue de um paciente, vítimas de violência sexual ou mesmo aqueles que tiveram relações sexuais sem o uso de preservativos. A medicação, para ter eficácia, deve ser tomada no máximo em até 72 horas após a exposição ao vírus e o tratamento dura 28 dias.

O objetivo da regularização da distribuição da pílula, de acordo com o Ministério da Saúde, é ampliar o acesso. O tratamento existe desde a década de 90, mas o processo era burocrático e muitas vezes restrito aos profissionais de saúde ou às vítimas de violência sexual. Com a mudança, a medicação passa a ser distribuída em postos de saúde e unidades especializadas do SUS.

Em dezembro, um aplicativo com informações e orientações sobre os postos será lançado pelo Ministério da Saúde.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum