Tatuadores criam projeto para apagar tatuagens racistas nos EUA e Canadá

Projeto conecta tatuadores dos EUA e Canadá com pessoas que desejam ter mensagens de ódio removidas

O tatuador canadense Corey Fleischer, de 39 anos, organizou o projeto #ErasingHate, que reúne tatuadores para apagar ou cobrir imagens racistas ou mensagens de ódio gravadas nas peles das pessoas.

A plataforma é uma maneira de contatar pessoas em diversos lugares que possam ajudar a remover as mensagens, mesmo que Fleischer não faça o trabalho por ele mesmo.

O organizador também promove uma campanha antirracista nas redes sociais, compartilhando os processos de apagamento das tatuagens e posts sobre a questão racial.

https://www.instagram.com/p/CCrv_A4Hsr-/?utm_source=ig_web_copy_link

Em entrevista à revista Vice, Fleischer afirmou que, nos últimos 35 dias, os pedidos de apagamento aumentaram muito. No momento, ele está tentando marcar 100 novos pedidos para apagar tatuagens racistas. “De repente, temos todas essas pessoas vivendo com esses símbolos, e agora por causa das mídias e da movimentação recente, chegamos em um ponto em que isso é muito vergonhoso”, disse.

Fleischer começou o trabalho apagando grafites e pixações racistas, e decidiu organizar a plataforma para amplificar o trabalho. Atualmente, ele contata tatuadores dos Estados Unidos e do Canadá, mas está em contato com profissionais de outros países para ampliar ainda mais o projeto.

Avatar de Gabriella Sales

Gabriella Sales

Estudante de Jornalismo na ECA-USP e estagiária da Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR